Polícial

Indígena sofre tentativa de homicídio em distrito de Porto Velho

Esposa da vítima também foi agredida com um soco no olho. Caso aconteceu em um campo de futebol na Linha 4 em Extrema.

Um indígena, de 38 anos, da etnia Kaxarari, sofreu uma tentativa de homicídio na noite do último domingo (19) em Extrema, distrito de Porto Velho distante aproximadamente 330 quilômetros da capital. A esposa da vítima, da mesma etnia, de 32 anos, também foi agredida.

Segundo relato da vítimas, o casal estava em um campo de futebol na Linha 4 quando um homem chegou ao local dizendo que queria conversar com a vítima. Os dois se desentenderam e, durante a discussão, o agressor sacou uma arma. O indígena então tentou desarmar o homem, um tiro saiu do revólver, e ambos entraram em luta corporal.

A esposa da vítima tentou separar a briga, mas foi agredida pelo próprio sobrinho, com um soco no olho direito. Nesse momento, algumas pessoas se aproximaram para tentar separar a briga. O sobrinho do casal conseguiu pegar a arma do agressor, apontou para o tio e o ameaçou de morte, sendo necessária novamente a intervenção das pessoas que estavam no local.

O agressor, que chegou ao local portando a arma, disse que iriar mandar matar o indígena. Depois do ocorrido, as vítimas foram até a Delegacia de Polícia Civil do distrito para registrar a ocorrência e disseram temer por suas vidas.

G1

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close