Associação dos Pecuaristas de Ariquemes esclarece boatos sobre as carnes de Rondônia

A Associação dos Pecuaristas de Ariquemes (APA), diante dos boatos e informações inverídicas que decorreram da Operação Carne Fraca e que podem prejudicar de forma substancial o agronegócio do País e de Rondônia, vem a público esclarecer o que segue:
1 – 99,5% das unidades frigoríficas do país não estão sofrendo nenhum tipo de investigação e operam dentro dos padrões de segurança. Apenas 21 plantas frigoríficas são investigadas pela Polícia Federal, ou seja, apenas 0,5%, enquanto 4.837 unidades operam normalmente.
2 – 99,7% dos funcionários do Ministério da Agricultura não cometeram nenhuma irregularidade, apenas 33 servidores estão sendo investigados, ou seja, apenas 0,3% dos mais de 11 mil fiscais.
3 – Os frigoríficos instalados em Rondônia abatem e processam carnes in natura de qualidade inquestionável, atestada, inclusive pelos exigentes mercados europeu e asiático.
4 – A produção de carne bovina em Rondônia atinge 32 mil pecuaristas, gera cerca de 15 mil empregos diretos e mais 25 mil indiretos, considerando todos os setores envolvidos, desde a criação, transporte até chegar à mesa do consumidor.
          Diante dos fatos não somos e nem podemos ser coniventes com qualquer tipo de irregularidade, mas também não podemos deixar que destruam uma imagem construída ao longo de anos no mercado brasileiro e internacional.
          Lembramos que a generalização oportunizada pela Operação Carne Fraca da PF é descabida, uma vez que a esmagadora maioria trabalha dentro dos padrões de segurança. Tal postura da PF gerou suspensão de importação de carne de mercados importantes e isso por refletir em um colapso de um dos mais importantes segmentos da economia brasileira.
          Nós, do agronegócio, somos responsáveis por não deixar a crise econômica destruir o país, e, neste momento precisamos da colaboração de toda a sociedade, para que não divulgue informações falsas. Também precisamos de um voto de confiança para que, ao longo da investigação da Polícia Federal, as irregularidades sejam detectadas e os responsáveis sejam punidos.
          Nossa carne não é fraca, temos uma CARNE FORTE, somos destemidos pioneiros que ajudamos a colonizar o Brasil, criamos um agronegócio sustentável e respeitado no mundo todo.
Dorival de Souza Gaspar
Presidente APA – Associação dos Pecuaristas de Ariquemes
IMG-20170323-WA0003