Médico é condenado a multa por negar atendimento a paciente de Machadinho

hospital.machadinho-1Em sentença publicada nesta quarta-feira (13), o Tribunal de Justiça de Rondônia, após ação civil de improbidade administrativa do Ministério Público Estadual, condenou o médico Mário Benício Maia Neto ao pagamento de uma multa de 20 vezes o valor do seu salário, além da suspensão dos direitos políticos por quatro anos.

O motivo da penalidade foi ele ter supostamente ter negado atendimento a uma paciente em fevereiro de 2014, em uma unidade de saúde de Machadinho do Oeste. A decisão é em primeiro grau e cabe recurso.

Segundo o Ministério Público Estadual, no dia 16/02/2014, Mário Benício, médico lotado na unidade de atendimento de Machadinho do Oeste, teria negado deliberadamente atendimento médico à paciente Evanilde Gomes dos Santos. Aponta que ela chegou ao pronto-socorro com fortes dores abdominais provenientes de cólicas renais, ocasião em que o médico se negou a atendê-la afirmando que “não iria ali analisar exames”. Por fim, pediu a condenação de Mário Benício nas sansões do artigo 12, III, da Lei n.º 8.429/92.

Em sua defesa, Mário Benício limitou-se a oferecer contestação em que foram alegadas somente questões de mérito e a consequente improcedência da ação.

Fonte: Rondoniaovivo

13669819_1552087018433795_8040247400315660164_n